Economia

Refinaria de ouro fica concluída em um ano

Helma Reis

Jornalista

A Refinaria de Ouro que começou a ser construída, esta segunda-feira, nas instalações da Geangol, no Pólo de Desenvolvimento Industrial de Viana, em Luanda, fica concluída dentro de um ano, depois de investimentos de seis milhões de dólares.

28/06/2022  Última atualização 08H51
Ministro Diamantino Azevedo no lançamento das obras © Fotografia por: Alberto Pedro | Edições Novembro

O ministro dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás, Diamantino Azevedo, prestou estas informações no lançamento da primeira pedra para a empreitada, que disse abrir caminho para a aceitação do ouro angolano nas Bolsas de Valores e outras instituições financeiras.

Nas instalações da Geangol, uma empresa de prestação de serviços de sondagem geológica, análises laboratoriais para amostra de rochas, solos, águas e ambientais, o ministro realçou o facto de ser a primeira refinaria de Angola, detendo uma capacidade de produção de 25 quilos por dia.

Este empreendimento explicou o ministro, permitirá a verticalização da cadeia de produção, acrescentando valor ao ouro produzido em Angola, além de gerar novos postos de trabalho que vão ser maioritariamente ocupados por jovens nacionais.

Diamantino Azevedo, referiu ainda, que a refinaria será suficiente para refinar o ouro que se perspectiva e a possibilidade de aumentar a produção com mais investimento se a necessidade assim exigir, bem como o surgimento de outras refinarias no futuro. 

De acordo com o responsável, a produção e exportação de ouro é, nesta altura, de cerca de 89 quilos, uma porção que considerou "pequena”, ressalvando que, apesar de estarem atribuídas 40  licenças de  prospecção, nem todas resultam em produção mineira.

Uma das acções prioritárias do Programa de Desenvolvimento e Modernização das Actividades Geologico-Mineras do Plano de Desenvolvimento Nacional  2018-2022,  é prosseguir a prospecção e exploração de metais preciosos como o ouro,  prata, platina e outros, cuja transformação para a agregação de valor passa pela refinação.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia