Cultura

Recital de poesia assinala Dia da Língua Espanhola

Analtino Santos

Jornalista

Um recital de poesia, com a declamação de poemas e leituras de excertos de obras das principais referencias da literatura de Espanha, Cuba, Venezuela, Argentina e Guiné Equatorial, realiza-se no próximo dia 27, pelas 10h30, no Colégio Crystal, em Talatona, em celebração ao 23 de Abril, Dia da Língua Espanhola.

19/04/2022  Última atualização 10H55
© Fotografia por: DR

No evento serão lidos excertos de obras dos  escritores Miguel Cervantes, por parte da Espanha, Júlio Cortaza, pela Argentina, e José Martí, por Cuba, faltando definir os autores da Venezuela e Guiné Equatorial. 

Organizado conjuntamente pelas Embaixadas de Espanha, Cuba, Venezuela, Argentina e Guiné Equatorial, o evento terá como convidados governantes angolanos, autoridades de outras nacionais e membros do corpo diplomático.

O Dia da Língua Espanhola celebrado a 23 de Abril, coincide com a data em que é comemorado o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor (instituído pela UNESCO), que corresponde, simbolicamente, à morte de dois grandes vultos da literatura mundial: William Shakespeare e Miguel de Cervantes:  este último, considerado o maior escritor da língua castelhana.

Miguel de Cervantes (1547-1616), apontado como expoente máximo da literatura espanhola com uma obra imortal, é tido como precursor do realismo espanhol. Dramaturgo, poeta e autor, sua principal obra é o romance "Dom Quixote de La Mancha”, em 1605, considerado o primeiro best-seller da história e a primeira novela moderna. É o segundo livro mais traduzido no mundo. O primeiro é a Bíblia.

Júlio Cortázar é um importante nome da literatura Argentina e tem como a mais importante obra "O jogo da amarelinha” reconhecido pelo carácter fantástico de suas narrativas.

José Martí conhecido politico e nacionalista cubano também é reconhecido como poeta, filosofo, jornalista e um dos mais notáveis intelectuais e filósofos da língua espanhola.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura