Economia

Receita fiscal petrolífera caiu 7,0% em Setembro

A receita fiscal petrolífera registou uma queda mensal em algo de mais 7,0 por cento em Setembro, para 542 969 milhões de kwanzas, de acordo com dados da Administração Geral Tributária (AGT) consultados, terça-feira (19), pelo Jornal de Angola, no portal electrónico do Ministério das Finanças.

20/10/2021  Última atualização 11H22
© Fotografia por: DR
A cifra da arrecadação fiscal do sector petrolífero é comparada com a receita de 584 991 milhões de kwanzas da arrecadação de Agosto, segundo os dados obtidos das declarações fiscais submetidas à AGT pela concessionária, a ANPG, e as companhias petrolíferas que operam no país.

A produção de Setembro, de 32 982 042 barris de petróleo, caiu numa percentagem semelhante face à de Agosto que, indicam os dados disponíveis no site do Ministério das Finanças, situou-se em 34 961 857 barris.

Os dados indicam que a queda das receitas foi influenciada pelo preço médio do barril de petróleo em Setembro, quando caiu para 68,24 dólares, diante dos 73,42 dólares de Agosto,  uma redução algo superior a 7,0 por cento.

No mês passado, a arrecadação do Importo sobre o Rendimento do Petróleo situou-se em 104 505 milhões de kwanzas, o Imposto sobre a Produção de Petróleo em 21 670 milhões e o Imposto sobre a Transacção de Petróleo em 12 889 milhões, com a receita da concessionária a atingir 403 904 milhões de kwanzas.  

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia