Cultura

Realizador quer apresentar o filme nos países da SADC

Matadi Makola

O realizador angolano Levis Albano avançou, este domingo, em Luanda, que pretende apresentar a pré-estreia do filme “Mutu Mbi” em todos os países da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC).

05/07/2022  Última atualização 08H20
Parte do elenco do filme durante a pré-estreia em São Paulo © Fotografia por: Dr

Levis Albano garantiu, em entrevista a ser publicada amanhã, no Jornal Cultura, propriedade da Edições Novembro, que o primeiro país a receber o filme será o Botswana, agendado para o próximo mês, ainda com data por se confirmar. O realizador garantiu ter tudo preparado, estando neste momento à procura de patrocínios que lhe permitam estar neste país da SADC. 

"A minha grande ambição é levar os meus filmes para os países vizinhos. Acredito que o cinema é uma das artes da qual se pode tirar benefícios no que toca à imagem do nosso país. Neste filme, quis mostrar o melhor da sociedade angolana, e não apenas aquela imagem que vigora de país pobre e de grandes problemas sociais”, disse o realizador.    

O filme foi gravado em Angola, quase todo no Condomínio Boa Vida, em Luanda, e teve o apoio directo de actores como Sílvio Nascimento, Joel Benoliel e Alan Mamuna.

De recordar que a produção cinematográfica angolana "Mutu Mbi” teve pré-estreia no dia 25 de Junho, no Centro Cultural Santo Amaro, na cidade de São Paulo, no Brasil. O lançamento do filme reuniu um grande público, entre artistas do cinema, realizadores audiovisuais, actores, actrizes, jornalistas e membros do corpo diplomático angolano em São Paulo.

"Mutu Mbi” é a primeira produção cinematográfica angolana, do género ficcional, a estrear brevemente nos cinemas brasileiros. O filme conta a história do artista plástico Otchaly Hanji, que, após ter assassinado a mulher por ganância, faz recair sobre a sua família uma maldição, que desencadeia uma onda de segredos e mistérios na vida dos personagens da trama.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura