Cultura

Realizador angolano é membro júri nos Estados Unidos

O realizador angolano Fradique é membro do júri da 14ª edição do Imagine Science Film, festival de cinema que acontece, entre os dias 15 e 22 de Outubro deste ano, nos EUA, para distinguir produções cujo teor propõe formas ousadas, singulares e híbridas de comunicar a ciência pelos ecrãs.

24/09/2021  Última atualização 07H25
Fradique foi destaque o ano passado por “Ar Condicionado” © Fotografia por: DR
O angolano vai avaliar, com os outros integrantes, 18 produções na categoria de longa-metragem e 46 curtas-metragens, de 30 países, numa edição que a organização espera ser única, devido à pandemia da Covid-19. O festival, que inclui ainda o prémio "Ciência Nova Onda”, procura partilhar a ciência através da narração de histórias, numa época em que os factos podem facilmente ser distorcidos através dos meios de comunicação, causando medo, raiva e mal-entendidos.

Fradique esteve em destaque na edição passada do mesmo festival, em que o seu filme "Ar Condicionado” foi eleito o melhor. O realizador, que explora muito as memórias individuais e colectivas, tem procurado apresentar trabalhos que levem o público a questionar-se. 

A primeira longa-metragem de ficção do realizador, "Ar Condicionado”, estreou mundialmente, em 2020, no Rotterdam International Film Festival e desde então esteve em mais de 40 festivais de cinema. O filme recebeu seis prémios internacionais. 

Para o cineasta angolano, que como realizador produziu videoclipes de artistas como Aline Frazão, CFK e Nástio Mosquito, fazer filmes é um processo  de partilha e descoberta, um trabalho colectivo feito a várias mãos, razão da criação, em 2010, da produtora Geração 80, com Jorge Cohen e Tchiloia Lara.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura