Regiões

Quilenda aposta em obras sociais

Víctor Pedro|Sumbe

A administradora municipal da Quilenda, Elizabeth Gonçalves, anunciou, na semana finda, que a acção governativa no presente mandato vai dar prioridade à reparação de estradas secundárias e terciárias, para garantir o escoamento dos produtos do campo para os mercados, bem como ao melhoramento do abastecimento de água.

10/10/2022  Última atualização 10H45
Em vários municípios a prioridade é a reabilitação de estradas © Fotografia por: DR

O anúncio foi feito durante o acto da sua apresentação às autoridades locais e várias franjas da população, em acto orientado pelo governador da província do Cuanza-Sul, Job Capapinha.

Na sua intervenção, Elizabeth Gonçalves prometeu que vai trabalhar para a resolução dos principais problemas sociais e económicos que preocupam a população da região.    

Elizabeth Gonçalves, que substituiu Dary da Costa,  reiterou a necessidade de se dar continuidade aos projectos e programas  iniciados pelo seu antecessor, bem como a elaboração de outros, com destaque para a criação de um centro de formação profissional e a abertura de uma depêndencia de um dos bancos que operam na província, pelo facto de ser a única sede municipal que não possui agência bancária.

Trabalhar junto da Empresa Nacional de Distribuição de Electricidade (ENDE), para o reforço do  fornecimento de energia eléctrica, proveniente da Barragem Hidroléctrica de Cambambe, e de outras fontes, bem como o melhoramento do saneamento básico constam entre as prioridades da nova Administradora Municipal da Quilenda.

 
Preservação do ambiente é um desafio no Amboim

O administrador municipal do Amboim, Darcy da Costa, disse que vai dar prioridade,  a curto e médio prazos, ao melhoramento do saneamento básico, reflorestação para a reposição do manto florestal do município e dinamização do sector produtivo, sobretudo o relançamento da produção do café e a sua transformação,  através de parcerias público/privadas, que permitam a instalação de indústrias na região.

Darcy da Costa reiterou que o objectivo é trabalhar para a resolução dos problemas que afectam a população  do município do Amboim. "Vamos, em primeiro lugar, identificar os problemas que mais afligem a população, mas, também, temos a missão de reabilitar o potencial urbanístico e paisagístico da cidade da Gabela e do município em geral, para atrairmos investidores, bem como turistas nacionais e estrangeiros”.

O novo administrador anunciou, igualmente, o repovoamento das zonas verdes, reabilitação das vias de acesso, melhoria do sistema de abastecimento de água, além de dar continuidade aos projectos em curso no município do Amboim.

No município de Seles, última etapa do programa de apresentações de administradores recém-nomeados, Eliseu Segunda Miranda disse que assume a responsabilidade com espírito de missão, tendo em conta os problemas que a circunscrição tem. "Temos como ponto de partida a identificação dos problemas e procurar, com o concurso de todos, as soluções viáveis, visando a satisfação dos anseios da população”.

Entre as prioridades, Eliseu Miranda apontou o melhoramento do abastecimento de água, energia eléctrica, formação técnico-profissional dos jovens, bem como o combate à fome e à pobreza, sobretudo no seio das mulheres rurais, e fomento do sector produtivo.

O governador provincial do Cuanza-Sul, Job Capapinha, que orientou os actos de apresentação de novos administradores municipais, recomendou sabedoria, firmeza, humildade e carisma, tendo sempre em atenção as normas e Leis que regem a Administração Pública e da Administração Local do Estado. "O momento é de acção, trabalho e unidade, cuja missão é fazer cumprir as acções que constam da agenda de governação da provincia”, concluiu.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões