Política

Quiçama tem Comité dos Direitos Humanos

O município da Quiçama, em Luanda, conta, desde ontem, com o Comité Local dos Direitos Humanos, que tem como objectivo criar políticas de sensibilização e mobilização dos munícipes para que tenham participação e contribuam nas tarefas de cidadania e boa governação.

14/10/2021  Última atualização 08H30
© Fotografia por: DR
O Comité, com 15 membros, tem também como propósito promover, defender e proteger os direitos dos cidadãos que tenham sido violados na circunscrição e desenvolver políticas locais que garantam a defesa jurídica e liberdade de expressão.

Outra finalidade do Comité Local dos Direitos Humanos é a promoção, na área educacional, de matérias de direitos humanos com o envolvimento directo das instituições de ensino, públicas e privadas.

Para o administrador municipal da Quiçama, António Fiel,  que falava no acto presidido pelo delegado provincial de Luanda dos Direitos Humanos, Fernando Fortes, estão criadas as condições no município e os membros empossados vão trabalhar para dar resposta às responsabilidades impostas pelo Comité Local dos Direitos Humanos.

A  criação do Comité Local dos Direitos Humanos, disse,  estabelece relações saudáveis de trabalho com todos os actores sociais e instituições que  promovam a defesa e protecção dos direitos humanos.
 Os membros foram informados sobre a expansão e a importância do Comité Local dos Direitos Humanos e os desafios para o município da Quiçama.  Os membros pertencem a diversas instituições públicas e sociedade civil.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política