Política

PRS sensibiliza eleitores para prática de civismo

O secretário do PRS na província do Huambo, António Solya Selende, apelou, esta terça-feira, o eleitorado a se deslocar às assembleias de voto com civismo e urbanidade, abstendo-se de qualquer acto de intolerância e arruaça.

29/06/2022  Última atualização 09H10
Militantes do partido afirmam a intenção do Federalismo © Fotografia por: João Gomes | Edições Novembro

"Quem quiser governar o país deve depender apenas do voto do cidadão, e não promover actos de intolerância, arruaças, entre outros, que atentam contra a paz e a democracia”, frisou o político do PRS.

O dirigente partidário, que falava em conferência de imprensa, disse ser importante que todos os concorrentes às eleições gerais de 24 de Agosto tenham noção da vontade do povo, respeitando, deste modo, os resultados obtidos por cada partido.

No caso particular do PRS, António Soliya Selende disse estar confiante na vitória eleitoral, fruto do seu programa de governação que está baseado no federalismo, além de apostar na educação, saúde, energia e águas.

Em caso de vitória eleitoral, acrescentou, o PRS pretende apostar ainda na construção de estradas secundárias e terciárias, bem como no fomento da agricultura familiar, por ser a principal fonte de sobrevivência das comunidades.

O PRS, fundado em 1990, é a quarta força política do país, depois dos partidos políticos MPLA (maioritário), da UNITA e da coligação eleitoral CASA-SE.

Nas últimas Eleições Gerais, realizadas em 2017, obteve na província do Huambo 7.426 votos, equivalentes a 1,24 por cento, sem possibilidades para a eleição de deputados pelo círculo eleitoral no Huambo.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política