Política

PRS prioriza energia e água em Cafunfo

A melhoria da distribuição de água e energia eléctrica no Cafunfo, município do Cuango, província da Lunda-Norte é uma das principais porioridades do Partido de Renovação Social (PRS), segundo o seu presidente Banedito Daniel.

12/08/2022  Última atualização 06H30
Apoiantes do PRS receberam do seu líder promessas para a solução de problemas sociais © Fotografia por: Fernando Camilo | Edições Novembro

Durante uma acto de massas naquela vila mineira, o líder dos renovadores sociais realçou que, se for eleito, esses sectores serão a aposta principal, para ajudar a alavancar o desenvolvimento e criar inúmeros postos de trabalho na região.

"O governo do PRS vai fazer um esforço para resolver essa situação, pois a população não pode viver sem água potável”, sublinhou Benedito Daniel, que centrou o seu discurso essencialmente no sector social.

Reconheceu que o elevado índíce de escolas em estado de abandono e sem condições para os alunos tirarem maior  rendimento escolar, algo que remete à uma reflexão, sobre a necessidade de alteração desse quadro, com o envolvimento de todos os sectores estruturantes da sociedade.

"É triste notar que ao longo do trajecto para o Cafunfu notámos postos médicos de saúde, degradados e onde a população fica demasiado tempo para ser atendido, além da falta de medicamentos", sublinhou o presidente do PRS, defendendo a construção de hospital de grande porte, para atender a demanda.

Formação profissional

Benedito Daniel deplorou a falta de instituições para a formação de jovens nos sectores agrícola e mineiro em Cafunfo, indicando que a criaçao de instituições profissionais nesses domínios poderiam desencojar os jovens a enveredar pelo garimpo.

"O PRS está focado em materializar a construção de escolas no sector mineiro e agrícola, com o objectivo de dinamizar estes sectores, que têm grandes potencialidades aqui na região, para os jovens possam contribuirem para o desenvolvimento das suas comunidades”, prometeu Benedito Daniel.

João Pedro e Carlos Bastos| Gabela

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política