Política

PRS insiste no federalismo como modelo de governação

O secretário provincial do PRS no Uíge, António Victorino, apresentou, ontem, na cidade do Uíge, durante o acto político de massas, o manifesto eleitoral de governação do partido, tendo reiterado o compromisso do partido pela institucionalização do federalismo e se mostrou contra as desigualdades sociais no país, com realce nesta província.

10/08/2022  Última atualização 06H15
Jovens e crianças presenciaram acto político do PRS © Fotografia por: Eunice Suzana | Edições Novembro | Uíge

O político sublinhou que o seu partido é o único defensor da organização de um Estado Federal para Angola, considerado ser o PRS o "pai” das ideias do federalismo no país. António Victorino referiu que no âmbito do programa de governação dos sociais democratas se comprometem com a criação de um Estado Federal onde os governantes sejam eleitos num quadro em que as províncias passam a ser Estados Federados e despartidarizar as instituições públicas e privadas.

António Victorino  sublinhou que os renovadores sociais pretendem ainda devolver a titularidade originária das terras aos cidadãos e materializar a institucionalização das autarquias em simultâneo em todos os municípios de Angola para o garante da descentralização e desconcentração administrativa e financeira. "Nos comprometemos assegurar a efec-

tiva liberdade de expressão dos cidadãos e das instituições, promover e proteger o meio ambiente e estimular o turismo, assim como assegurar e garantir aos cidadãos a dignidade social sem quaisquer discriminação e estabelecer a limitação que o cargo de Presidente da República seja dos 35 aos 70 anos de idade”, referiu.

António Victorino  disse que é também compromisso do PRS reformular e qualificar melhor o sistema de ensino angolano e combater qualquer comportamento que vise criar dificuldade no ingresso ao ensino, ciência e cultura, adoptar uma política racional e eficiente que garanta a cobertura médico-medicamentosa e hospitalar, bem como  promover a medicina tradicional, alternativa à medicina convencional para estimular a saúde preventiva,  acautelar a nutrição e o saneamento básico. Constam ainda das pretensões do PRS a promoção de palestras de rotina de sensibilização sobre a saúde humana, acelerar o desenvolvimento económico do país, tendo em conta a estagnação do desenvolvimento do país desde 1975. Querem, igualmente, devolver aos cidadãos a defesa e segurança nacional partidária, determinante na garantia da tranquilidade pública e na defesa nacional.

"É nossa intenção institucionalizar, para os trabalhadores angolanos, um salário mínimo que  satisfaça as necessidades básicas e que ainda permita fazer poupanças para acudir os eventuais problemas. Vamos também acautelar as relações diplomáticas mediante a legitimidade no âmbito internacional de forma assertiva ao princípio da igualdade e reciprocidade de vantagens. O Partido de Renovação Social pretende ainda efectivar o usufruto dos direitos das crianças, dos jovens, dos idosos, antigos combatentes e veteranos da pátria na base do princípio de igualdade e promover um tratamento especial a mulher angolana.”

"Respeitar e proteger as instituições religiosas bem como as organizações filantrópicas que tendem a prestar ajuda fraternal ao povo angolano, reconhecer e dar tratamento especializado às autoridades tradicionais, promover um tratamento especial aos taxistas e às mamãs zungueiras, são também  parte das nossas prioridades" concluiu António Vitorino.

Na actividade que foi antecedida de uma marcha nas diversas ruas da cidade do Uíge, o responsável do PRS no Uíge apelou aos eleitores locais a estarem mais atentos aos projectos apresentados pelos partidos políticos que visam o desenvolvimento da região e não aqueles voltados às falsas promessas. Referiu que caso o seu partido ganhe as eleições, garante o melhoramento das estradas para facilitar a interacção e a comunicação entre os municípios da província.


Eunice Suzana e Albertina Miezi | Uíge

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política