Política

Província do Uíge tem 1.164 assembleias de voto

A província do Uíge vai contar, neste pleito eleitoral, com 1.164 assembleias de voto e 1.670 mesas, que já foram sinalizadas e codificadas, sendo distribuídas em todas as 16 sedes municipais, comunas e aldeias de maior concentração populacional.

03/08/2022  Última atualização 08H57
© Fotografia por: Kindala Manuel | Edições Novembro

Ao todo, 712.430 é o número de eleitores inscritos para votar no dia 24 de Agosto, informou esta terça-feira , ao Jornal de Angola, o comissário António Ayendakio.

O responsável da Comissão Provincial Eleitoral disse que as assembleias de voto se encontram instaladas nos municípios de Kitexe (51), Bungo (44), Ambuila (31), Negage (62), Puri (45), Maquela do Zombo (107), Damba (79), Sanza Pombo (79), Bembe (40), Milunga (92), Songo (78), Kimbele (154), Kangola (60), Uíge (138), Mukaba (40) e Buengas (64).

As assembleias e mesas de voto serão asseguradas por 6.680 membros já seleccionados e que começaram a ser formados segunda-feira, dia 1 de Agosto, em dois ciclos, terminando na sexta-feira, 5 de Agosto. O segundo ciclo de formação vai de 8 a 12 deste mês. Para a mobilização dos eleitores, foram recrutados 512 agentes de educação cívica eleitoral, disse, garantindo que a informação sobre como e onde os cidadãos poderão votar no dia 24 de Agosto está a passar muito bem.

Recentemente, a Comissão Provincial Eleitoral (CPE) empossou cinco novos presidentes das comissões eleitorais dos municípios do Songo, Mucaba, Sanza Pombo, Maquela do Zombo e Kangola, num acto que foi orientado pelo presidente da Comissão Provincial Eleitoral, Avelino Martins. Para os empossados, o presidente da CPE, Avelino Martins, recomendou trabalho, responsabilidade e primar sempre pela unidade de acção. "A individualidade de cada dirigente tem muito a ver com o ambiente de trabalho no seu local de jurisdição, devendo reforçar os princípios da isenção e da imparcialidade”, recomendou.

Valter António | Uíge

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política