Economia

Projectos de investimentos têm garantias do Banco Mundial

Joaquim Suami

Jornalista

O Banco Mundial, em parceria com a organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial, UNIDO, e o Centro Internacional de Comércio, ITC, estão aplicar 41,7 milhões de euros, como fundo para garantir assistência técnica dos projectos de investimentos em execução, nos países de África, Caribe e Pacífico, para o período 2019-2024.

06/12/2022  Última atualização 19H50
© Fotografia por: Cedida
Dos 41,7 milhões de euros, 12 milhões são alocados pelo Banco Mundial, 15 milhões, pela Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial, e 14,7 milhões, financiados pelo Centro Internacional do Comércio.

Os dados foram partilhados pelo líder de políticas de investimento e promoção de ambiente de negócios do Banco Mundial, Ivan Nimac, que falava no início dos trabalhos da X Cimeira Organização dos Estados de África, Caraíba e Pacífico (OEACP), que arrancou, esta terça-feira, em Luanda.

Conforme disse, os projectos de investimentos que estão a ser assistidos tecnicamente pelo Banco Mundial, Organização para o Desenvolvimento Industrial e o Centro Internacional de Comércio, estão baseados em três pilares fundamentais que tem a ver com projectos macros e micro.

Segundo Ivan Nimac, os projectos de investimentos macros que estão a ser assistidos pelo Banco Mundial visam melhorar o ambiente de negócios, de investimentos, melhoramento de políticas institucionais, regulamentos e fortificar as instituições para garantir a atracção de investidores.

A exposição das empresas, aberta na manhã desta terça-feira, aborda as medidas a serem adoptadas para a implementação de programas amigáveis de negócios entre os países.

O evento é parte do programa da décima cimeira de Chefes de Estado e de Governo da Organização de Estados de África, Caribe e Pacífico.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia