Economia

Projectos angolanos da OEC premiados

A publicação norte-americana “Engineering News Record” (ENR), especializada em Engenharia e Construção a nível global, distinguiu, na edição deste ano, o projecto do Aproveitamento Hidroeléctrico de Láuca (AHL) com o prémio Global Best Project, concedendo uma menção honrosa ao Vias de Luanda, duas obras da antiga Odebrecht Angola.

08/10/2021  Última atualização 08H15
Projecto do Aproveitamento Hidroeléctrico de Laúca é distinguido © Fotografia por: DR
A Odebrecht Engenharia e Construção (OEC) Angola, como agora se designa a construtora, anunciou, em nota de imprensa enviada, ontem, à nossa Redacção, que o projecto do AHL foi distinguido como o melhor na categoria Energia/Industrial, enquanto o Vias de Luanda o Prémio de Mérito na categoria Renovação/Reestruturação.

A cerimónia de entrega dos prémios está marcada para 9 de Dezembro deste ano, em Nova Iorque, e será transmitida online, de acordo com a nota, que cita o presidente da OEC Angola, MarcusAzeredo, a declarar que a distinção reconhece o compromisso do Governo (que detém a obra) e da empresa com a entrega de obras cuja engenharia e construção seguem padrões internacionais.

"As equipas que participam nestas obras dedicam-se intensamente, desde a concepção do projecto até à sua entrega, e merecem todo o reconhecimento por nos possibilitarem estas conquistas”, sublinha o mesmo responsável.

O AHL possui capacidade total de potência instalada de 2.070 MW, sendo responsável por cerca de 50 por cento da energia gerada em Angola, contribuindo para a estabilidade do sistema eléctrico do país, tendo proporcionado uma drástica redução dos apagões e a diminuição em 55 por cento do consumo de combustíveis fósseis na geração de energia, afirma a OEC.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia