Regiões

Programas de Combate à Pobreza beneficiam 50 mil pessoas

No total, 50 mil pessoas beneficiaram no Cuando Cubango, em 2022, de uma verba acima de dois mil milhões de kwanzas, atribuídos no quadro do Programa Integrado de Desenvolvimento Local de Combate à Pobreza (PIDLCP), apurou o Jornal de Angola junto do director do Gabinete de Estudo, Planeamento e Estatística (GEPE).

24/01/2023  Última atualização 10H02
Governo apoia comunidades no fomento à agricultura © Fotografia por: Nicolau Vasco | edições novembro | cuando cubango

Elias Paganini destacou, no final de uma reunião ordinária do governo provincial, que a referida verba, extraída de um total de três mil milhões de kwanzas, permitiu apoiar os ex-militares, idosos, membros da comunidade San, camponeses e famílias em situação de vulnerabilidade, que receberam sobretudo equipamentos que viabilizaram o fomento de actividade agro-pecuária e pesca.

Fez saber que para o efeito as Administrações Municipais beneficiaram de apoio financeiro que resultou numa execução financeira de 80 a 100 por cento nas distintas unidades orçamentadas, no quadro da autonomia administrativa.

Elias Paganini explicou que apesar de, serem ainda insuficientes os valores do Programa Integrado de Desenvolvimento Local e Combate à Pobreza, mas tem permitido ajudar muitas famílias camponesas com sementes, charruas, gado, entre outros meios agrícolas.

Muitos camponeses, acrescentou, beneficiaram de formações sobre novas técnicas de praticar a agricultura, numa iniciativa dos técnicos do Instituto de Desenvolvimento Agrário (IDA), com o intuito de aumentar os níveis de produção de milho, feijão, arroz, massambala, massango, hortícolas e tubérculos.

Realçou que face à aposta do Governo angolano, a agricultura familiar sustentável no Cuando Cubango está a alcançar níveis satisfatórios.

"É com base no aumento da produção que o Executivo angolano distribuiu meios de transporte, com realce para camiões e motorizadas de três rodas que têm permitido o escoamento dos produtos do campo para os principais centros comerciais”, assinalou.

Em relação à pesca, disse que a província do Cuando Cubango, sendo uma região do país potencialmente rica em recursos hídricos sustentados pelos rios Cuando, Cuito, Cubango, Cuanavale, entre outros, os pescadores receberam diversos equipamentos de trabalho que permitiu aumentar a capacidade da captura de peixe a nível das comunidades que está a garantir uma melhor dieta alimentar e a redução da fome e da pobreza.

Elias Paganini referiu ainda que para o presente ano, o governo do Cuando Cubango perspectiva continuar a trabalhar com a mesma dinâmica nos municípios, comunas e aldeias para que o PIDLCP seja cada vez mais abrangente a todos os grupos alvos a distintos níveis que carecem de apoios para o aumento da produtividade em vários sectores sociais.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões