Política

Programa de governo do MPLA apresentado aos empresários da Huíla

Domingos Mucuta | Lubango

Jornalista

Os principais eixos do programa de governação do MPLA para o próximo quinquénio foram, sexta-feira, apresentados no Lubango à classe empresarial da província da Huíla.

14/08/2022  Última atualização 07H27
Secretário do Bureau Político do Comité Central do MPLA para a Política Económica e Social © Fotografia por: Edições Novembro

A apresentação das linhas de força do programa económico que o partido no poder promete desenvolver para dinamizar o desenvolvimento do tecido empresarial aconteceu num almoço promovido pela direcção do MPLA no quadro da campanha eleitoral.

Coube ao secretário do Bureau Político do Comité Central do MPLA para a Política Económica e Social, Manuel Nunes Júnior, fazer uma resenha sobre os feitos do partido nos últimos cinco anos.

 Com uma apresentação focada nas realizações, Manuel Nunes Júnior sublinhou o crescimento que se regista na economia angolana fruto de políticas traçadas pelo Presidente João Lourenço nos domínios fiscal, cambial e financeiro.

 Salientou que o MPLA pretende a contínua melhoria do ambiente de negócios, a redução da burocracia, a promoção de acesso ao crédito com taxas de juro bonificadas, através de novas iniciativas e programas existentes.

 "É um encontro interessante com empresários que operam na Huíla e na região Sul do país. Eles ouviram atentamente os eixos do programa do nosso partido para os próximos cinco anos. Explicamos a evolução económica ocorrida entre 2017 e 2022”, disse à imprensa.

Esclareceu que o Governo, liderado pelo Presidente João Lourenço, conseguiu equilibrar as contas internas e externas, assegurou o funcionamento do mercado cambial e impulsionou o crescimento económico, apesar dos efeitos da Covid-19.  "Antes deste período, tivemos uma retracção económica. Mas, felizmente, fruto de medidas económicas estratégicas tomadas pelo Executivo, a economia retomou um rumo de crescimento animador. Facto que nos permite perspectivar um futuro risonho no quinquénio 2022-2027”, acrescentou, apelando o voto de confiança dos empresários huilanos ao presidente do MPLA.

 Manuel Nunes Júnior acredita que os próximos cinco anos "vão ser de crescimento imparável de Angola”, porque "o MPLA está comprometido com as políticas de bonificação de crédito, para que o sector empresarial seja protagonista da economia”.

O secretário do Bureau Político do Comité Central do MPLA para a Política Económica e Social afirmou que recebeu apoio dos empresários huilanos para manter este momento de liderança do cabeça de lista do partido, para continuar a realizar as acções que promovem a participação dos homens de negócios no aumento da produção nacional, alargamento da base tributária, geração de riqueza e de mais empregos. "Ouvimos dos empresários contribuições valiosas, sobretudo, para que o próximo mandato seja de acção. Os empresários enfatizaram a confiança no programa do nosso partido, seguindo a linha do Presidente João Lourenço falar e fazer”, disse.

 Manuel Nunes Júnior destacou o entusiasmo de empresários jovens e mulheres da Huíla para assumirem os desafios de aumento e diversificação da produção, visando a redução das exportações.

 Os empresários da Huíla acolheram com agrado as perspectivas económicas constantes no manifesto eleitoral e aproveitaram apresentar sugestões para melhorar o ambiente de negócios e criar soluções eficientes para os principais problemas que a classe enfrenta.

 A coordenadora do grupo de acompanhamento do Bureau Político do MPLA à província da Huíla, Ângela Bragança, sublinhou a pulsação e as contribuições do empresariado huilano para o programa do partido projectado para ser inclusivo.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política