Cultura

Professores capacitados em literatura angolana

Manuel Albano |

Jornalista

A melhoria do desempenho dos professores na capital do país é um dos objectivos da segunda fase do curso de capacitação de professores de Língua Portuguesa e Literatura, promovido hoje, a partir das 9h00, pela Brigada Jovem de Literatura de Angola (B.J.L.A), no auditório do Instituto Politécnico Felizander, no distrito urbano da Cidade Universitária, em Talatona, em Luanda.

22/07/2022  Última atualização 09H30
Brigada Jovem de Literatura ministra cursos para docentes © Fotografia por: DR

Destinado a mais de 200 professores, o secretário-geral da instituição, Samuel Ferreira disse ontem, ao Jornal de Angola, que a segunda fase do programa "Literatura, Porta Abertas para Todos”, está enquadrado no centenário do "Poeta Maior” e primeiro Presidente da República, António Agostinho Neto, a assinalar-se no dia 17 de Setembro deste ano.

O evento, disse, vai ter um momento cultural atractivo, com a declamação de poesias das obras de Agostinho Neto, nas vozes de Ombembwa e Kiesse, ambos vencedores das duas últimas edições do KidsTallent Awards, na categoria de melhores declamadores.

Durante a acção formativa de duração de seis horas, explicou, vão ser abordados os temas ""Neologismos na Dinâmica da Sociedade Actual”, a ser ministrado pelo editor, escritor e professor N’zambi Paulo, enquanto que escritor e professor Bendinho Freitas vai falar sobre "O Contexto Histórico da Literatura Angolana”. No final do curso os formados vão receber certificados de participação.

Samuel Ferreira realçou que a formação é destinada para os professores de Língua Portuguesa e Literatura, do município de Talatona, membros da Associação Nacional do Ensino Privado (ANEP), Institutos do Ensino Superior, professores do primeiro e segundo ciclo do ensino nas disciplinas de história e geografia, bem como os próprios membros da B.J.L.A.

Realçou que o balanço da primeira fase foi positivo e que a intenção é fazer dos professores multiplicadores da informação nas suas comunidades. O município de Viana, disse, vai ser o próximo destino do projecto "Literatura, Portas Abertas para Todos”.

Samuel Ferreira que o programa tem sido extensivo às escolas públicas e privadas do primeiro e segundo ciclo do ensino, e do ensino superior onde são realizadas oficinas literárias. O projecto, sublinhou, tem a parceria do Clube de Leitura Ombembwa, que tem procurado incentivar ao gosto do livro e leitura. "Temos feito um trabalho de sensibilização e mobilização em coordenação com as direcções das escolas no sentido de despertar o potencial artístico dos alunos”, disse o responsável.  

O projecto cultural "Literatura, Portas abertas para Todos”, conta com a parceria da Administração Municipal de Talatona realizará na Província de Luanda. A primeira acção formativa, aconteceu no passado mês de Junho, no Município de Luanda, na Biblioteca Ngola a Mbande, no Distrito Urbano do Rangel.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura