Economia

Produção de peixe alinhada aos objectivos institucionais

Maximiano Filipe | Benguela

Jornalista

A produção do sal e peixe na Baía Farta, Benguela, tende a crescer na dimensão requerida pelos planos institucionais, declarou a secretária de Estado para as Pescas durante uma visita realizada, sexta-feira, a três unidades daquele município, duas das quais representam milhares de toneladas de pescado por ano.

24/10/2020  Última atualização 19H54
Esperança da Costa declara que a produção de pescado em Benguela se rege pelas melhores práticas © Fotografia por: Vigas da Purificação| Edições Novembro
Esperança da Costa, que chegou a Benguela na sexta-feira, onde também permaneceu o dia de ontem, declarou que, além das questões quantitativas da produção, as empresas pesqueiras visitadas demonstram um elevado nível de organização administrativa, assim como detêm "equipamentos de trabalho modernos e dos mais desejados para a realização das actividades com melhor segurança”. A secretária de Estado esteve nas linhas de captura e congelação de peixe das empresas Alva Fishing e Vilmar e Filhos, assim como na Lota Pesqueira da Baía Farta, um empreendimento que aguarda pela data da inauguração para servir a população.

De acordo com a responsável, as unidades visitadas estão a cumprir as regras da Administração Geral Tributária (AGT), possuindo, por outro lado, mais de 500 postos de trabalho, geralmente ocupados por cidadãos nacionais, maioritariamente jovens dos 18 aos 45 anos de idade.

O chefe do Departamento das Pescas de Benguela, Francisco Morais, disse ao Jornal de Angola que a produção de peixe na província situou-se em seis mil toneladas por mês ou 72 mil toneladas no ano passado.
Ontem, a secretária de Estado concluiu deslocações a salineiras iniciadas no dia anterior, numa região em que são produzidas cerca de 140 mil toneladas de sal por ano, com perspectivas de crescimento para 200 mil toneladas.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia