Economia

Produção de gás sobe 4 por cento

A produção de gás associado fixou-se, no mês de Maio, em 87,879 milhões de pés cúbicos (MMSCFD), perfazendo uma média diária de 2,834 milhões de pés cúbicos.

22/06/2022  Última atualização 10H13
© Fotografia por: DR

Com esse resultado, a produção registou um aumento de quatro por cento face ao mês de Abril, período em que se produziu 84,554 milhões de pés cúbicos, de acordo com o relatório publicado pela Petro-Angola, consultora angolana e provedora de informação sobre petróleo e gás.

Do volume total de gás produzido, 40 por cento foi injectado no mercado interno, sete por cento disponibilizado para a geração de energia nas instalações petrolíferas, 21% exportado para a fábrica Angola LNG (Angola Gás Natural Liquefeito), quatro por cento foi para queima e 28% utilizado nas operações de gás lift (método de petróleo largamente usado).

Entre Fevereiro e Abril a produção de gás associado atingiu 250,557 milhões de pés cúbicos. Os preços do gás natural atingiram valores altos, ao longo do primeiro trimestre do ano, com um aumento de 69 por cento, justificado pelas sanções às exportações da Rússia.

Num outro relatório sobre a "Conjuntura Económica”, publicado este mês pelo BAI (Banco Angolano de Investimentos), indica-se que no  primeiro trimestre de 2022 o preço do gás subiu 2,62 dólares por milhão de MMBtu (unidade  britânica de medição), comparativamente à média dos três primeiros meses de 2021, em que se atingiu 4, 59 dólares por MMBtu.

Em 2021, a exportação de gás atingiu os 3,08  mil milhões de dólares, com a venda de  4,48 milhões de toneladas métricas (TM) ao preço médio anual de 688,437 dólares por TM.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia