Política

Proclamado Dia de Angola na Geórgia

O 17 de Janeiro passa a ser comemorado como o Dia de Angola no Estado norte-americano da Geórgia, após a proclamação, na última quarta-feira, registada ao abrigo de uma declaração assinada pelo Conselho da Câmara de Atlanta, em cerimónia assistida pelo embaixador do país nos Estados Unidos da América, Joaquim do Espírito Santo.

20/01/2022  Última atualização 14H58
Embaixador Joaquim do Espírito Santo exibindo a declaração do reconhecimento © Fotografia por: DR

Segundo um comunicado da Embaixada a que o Jornal de Angola teve acesso, a declaração refere que o país "está intimamente ligado à história de Atlanta e do Sul da América, com a chegada há 400 anos dos primeiros escravos africanos às colónias que se tornaram nos EUA”.

O documento aponta, depois de realçar os quatro dias de trabalho de Joaquim do Espírito Santo na Geórgia, que muitos cidadãos americanos têm hoje a oportunidade de rebuscar os seus laços de ancestralidade com o povo angolano, adiantando que o relançamento das relações entre Angola e a cidade de Atlanta representa uma oportunidade para o engajamento profundo nos negócios e na formação de quadros entre os dois povos.

Com um PIB de 385 biliões de dólares, a economia da área metropolitana de Atlanta é a décima maior do país e uma das 20 maiores do mundo. A cidade alberga as principais sedes de várias corporações multinacionais, como a Coca-Cola Company, a Home Depot, a Delta Air Lines, a AT & T Mobility, a Chick-fil-A e a UPS.

Nos encontros mantidos com a classe empresarial local, o diplomata enalteceu as potencialidades económicas e oportunidades de negócios de Angola, enfatizando as áreas prioritárias de investimento, os incentivos fiscais e o novo quadro jurídico-legal que o país oferece aos investidores estrangeiros, além de convidar os homens de negócios georgianos para investirem no mercado angolano

Além dos encontros com as autoridades do Estado da Geórgia e com o empresariado local, o embaixador Joaquim do Espírito Santo participou nas celebrações do dia de Martin Luther King, sendo um dos poucos convidados ao evento, a que se associou há uma semana o Presidente norte-americano, Joe Biden.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política