Política

Problemas sociais inquietam líder da CASA-CE

O presidente da CASA-CE, Manuel Fernandes, considerou “preocupante e inaceitável a situação social de muitas comunidades na província de Benguela.

07/06/2021  Última atualização 05H20
Presidente da CASA-CE visitou província de Benguela © Fotografia por: Dombele Bernardo | Edições Novembro
Em declarações à imprensa, no final de acto político, na cidade de Benguela, apontou como preocupações a fome que se regista em alguns municípios e a falta de energia eléctrica no Cubal.
O político disse ter conversado com as autoridades, que lhe informaram das carências alimentares e do fraco abastecimento de energia eléctrica.

Manuel Fernandes, citado pela Angop, defendeu o aproveitamento dos rios que os municípios do Bocoio, Cubal e Ganda dispõem para o fomento da actividade agrícola.
"A fome e a falta de corrente eléctrica são consequências, em parte, de políticas falhadas”, acrescentou.

Criticou os avultados recursos aplicados na operacionalidade dos sistemas térmicos de produção de energia, e considerou que, com vontade política, essa questão pode ser resolvida a favor das comunidades.
Numa outra vertente, Manuel Fernandes disse que a CASA-CE tem uma estratégia e solução própria para governação da província de Cabinda, caso seja poder em Angola.

Reagindo ao escândalo financeiro que envolve algumas patentes militares e o desvio de milhões de kwanzas e divisas da Casa de Segurança do Presidente da República, o político disse ser "uma verdadeira vergonha para Angola que isso tenha ocorrido”.
Defendeu que esta tem sido uma das razões que sempre levou a sua formação política a nunca ter aprovado algum Orçamento Geral do Estado (OGE), uma vez que entende que o modelo de gestão dos dinheiros alocados a certos órgãos não é o mais correcto.  
Disse ser necessário melhorar os mecanismos de fiscalização, porque, no seu entender, ainda existem vários "Lussati” no país.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política