Política

Primeiros países a reconhecerem Angola vão ser homenageados

Faustino Henrique

Jornalista

A Associação dos Especialistas Angolanos em Relações Internacionais (AEARI) vai homenagear na quinta-feira (25), em Luanda, os primeiros 18 países que reconheceram a Independência Nacional de Angola, anunciou domingo (21), ao Jornal de Angola, o presidente da organização.

22/11/2021  Última atualização 09H25
© Fotografia por: DR
Adelino Sebastião indicou que serão agraciados com diploma de mérito os representantes do número de países mencionados para esta primeira edição, que vai ter continuidade no próximo ano e cujo critério de selecção obedeceu apenas a ordem de precedência.


O líder da associação sócio-profissional de cariz científico disse que a iniciativa, a ter lugar na sede da Fundação Sagrada Esperança, à Marginal de Luanda, se enquadra na celebração do 46º aniversário da Independência Nacional e aos três anos da agremiação. "Acreditamos que os países que participaram activamente do nosso processo de luta pela auto-determinação merecem esta distinção, pela solidariedade que prestaram ao povo angolano e pelo reconhecimento imediato do Estado angolano", disse o dirigente associativo.

Para o também docente universitário, a homenagem é também um "gesto de manifestação do sentimento de gratidão" do povo angolano a estes países,  porque, como disse, contribuíram para a afirmação do país como Estado soberano de Direito e Democrático.

Adelino Sebastião falou igualmente sobre os projectos imediatos da organização: "as nossas áreas temáticas de trabalho e engajamento relacionam-se com matérias de estudo e análises dos principais acontecimentos no mundo e, principalmente, àqueles que mais, directamente, impactam a nossa sociedade".

Citou como exemplo de iniciativas que estão no prelo da organização e que, nos próximos tempos, serão alvo de partilha com a sociedade, a adesão de Angola à Zona de Livre Comércio, a instabilidade a nível do continente, a questão do clima e outras matérias correlacionadas. A AEARI foi constituída a 14 de Novembro de 2018. Tem como objectivo congregar e representar os quadros formados na área de Relações Internacionais e conta com, aproximadamente, 400 associados cadastrados.

Para o acto, além dos representantes dos países homenageados, foram convidadas várias personalidades, entre governantes, diplomatas, políticos, académicos e de-mais interessados.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política