Mundo

Primeiro-ministro são-tomense garante que país está calmo após tentativa de golpe

JA Online

O primeiro-ministro são-tomense, Patrice Trovoada, assegurou, esta sexta-feira, que a situação no país está calma, após um ataque ao quartel, esta noite, que causou um ferido grave e várias detenções.

25/11/2022  Última atualização 14H16
© Fotografia por: DR
"Quero dizer aos são-tomenses, os que residem no país, e à comunidade estrangeira que a situação está controlada, está calma", assegurou o chefe do governo de São Tomé e Príncipe, numa conferência de imprensa.

O primeiro-ministro adiantou que "por questões de precaução, as escolas do quartel militar, na capital do país estão encerradas", de acordo com a Lusa.


"Não se trata de um roubo, não se trata de um furto. Trata-se de um ataque com armas de guerra às Forças Armadas do país e temos primeiro que resolver esse problema", adiantou.

Segundo o chefe do Governo, a "tentativa de golpe" começou por volta das 00:40 (hora local) e teve o seu desfecho, em termos operacionais, pouco depois das 6.

Patrice Trovoada qualificou o caso como "de extrema gravidade", mas quis deixar uma mensagem de tranquilidade: "As Forças Armadas têm a situação sobre controlo", concluiu.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo