Política

Primeira-Dama promove reflexão sobre integração

Com objectivo de promover a reflexão sobre a integração e a cidadania plena da criança com necessidades educativas especiais, o Gabinete da Primeira-Dama da República, Ana Dias Lourenço, realiza hoje, em Luanda, a II Conferência do Ciclo Educar para a Cidadania, que decorre sob o lema “ Por uma Escola Inclusiva: Intervenção ao nível da Dislexia, da Sobredotação e do Autismo”.

26/11/2021  Última atualização 09H25
Conferência procura assegurar a igualdade de oportunidade © Fotografia por: Alberto Pedro | Edições Novembro
De acordo com o comunicado de imprensa a que o Jornal de Angola teve acesso, a educação especial tem-se revelado um desafio para os encarregados de educação e educadores de infância, uma vez que se trata de uma área que lida com a diferença do ponto de vista de competências neuropsicológicas do aluno.

Reforça que isso decorre ao mesmo tempo que procura assegurar a igualdade de oportunidade e uma educação inclusiva, num processo contínuo de adaptação e de mudança, que incide sobre competências do aluno com necessidades educativas especiais (NEE), tanto no contexto de sala de aula como fora dela, a nível individual e familiar.

A conferência contará com a participação de especialistas angolanos, portugueses e brasileiros que intervêm ao nível da Dislexia, da Sobredotação e do Autismo.

Está ainda agendado para debate a "Dislexia na primeira infância: os desafios”, "A sobredotação em crianças  e jovens: Como identificar e integrar”, "O Autismo: do diagnóstico, da intervenção e da mediação”.

O evento contará também com a parceria com a Fundação Ngana Zenza para o Desenvolvimento comunitário, o Instituto de Serviço Social de Luanda e o Gabinete de Quadros do Presidente da República.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política