Política

Presidente João Lourenço visita a sede da SADC

O Presidente João Lourenço é aguardado, hoje, em Gaborone, capital da República do Botswana, onde vai visitar, pela primeira vez, a sede do Secretariado Executivo da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), na qualidade de líder em exercício daquela organização regional.

14/06/2024  Última atualização 09H48
© Fotografia por: CIPRA

Em comunicado tornado público, ontem, o secretário do Presidente da República para os Assuntos de Comunicação Institucional e Imprensa, Luís Fernando, fez saber que a deslocação do estadista angolano àquelas instalações está relacionada com o desempenho deste cargo temporário.

"O que vai acontecer será nada mais e nada menos que a primeira visita do Presidente João Lourenço na condição de presidente em exercício da SADC às instalações onde mantém escritórios dos quadros permanentes da organização", esclareceu Luís Fernando, acrescentando que, durante o momento, o Presidente João Lourenço vai descerrar uma placa para simbolizar o acto.

Luís Fernando informou que a visita do Presidente João Lourenço à sede da SADC vai ter como ponto alto o discurso formal que vai dirigir aos quadros da organização. Durante a permanência no local, continuou Luís Fernando, o Presidente João Lourenço vai percorrer áreas emblemáticas do edifício, como a Biblioteca Julius Nyerere, que conserva elementos diversos da história da organização, assim como terá vários momentos de fotografia com diferentes categorias de profissionais, com realce para o secretário executivo e os embaixadores de países membros acreditados junto da SADC. "Em síntese, o Presidente João Lourenço vai ao Botswana conhecer os cantos da casa de uma organização multilateral que dirige e que reforça, evidentemente, o prestígio de Angola e a sua projecção para lá das suas fronteiras", concluiu.

O Presidente João Lourenço assumiu o cargo de Presidente em exercício da SADC em Agosto do ano passado, durante a 43ª Cimeira ordinária da organização realizada em Luanda. No discurso de aceitação, o Presidente João Lourenço, que recebeu o testemunho do homólogo da República Democrática do Congo, Félix Antoine Tshisekedi, elegeu como uma das prioridades do seu mandato, que termina em Agosto próximo, a aposta no capital humano como um dos principais pilares do desenvolvimento económico e social da comunidade regional.

Neste âmbito, referiu que o principal desafio estará centrado na formação e capacitação técnico-profissional da juventude, com vista à obtenção de competências que facilitem o acesso ao emprego e garantir estarmos preparados para enfrentar os desafios da 4.ª Revolução Industrial e da digitalização das nossas economias. Para a viabilização deste desiderato, o Presidente João Lourenço anunciou, na ocasião, que vai trabalhar na necessidade da diversificação das fontes de financiamento para a realização de projectos e programas a nível dos Estados Membros e no âmbito Regional, com vista à redução do nível de dependência da sempre prestável e assinalável solidariedade dos parceiros de cooperação internacional.

No quadro desta estratégia, o estadista angolano disse que o seu mandato vai trabalhar com os Estados Membros no sentido de se criarem mecanismos e incentivos a nível da região, que facilitem o enquadramento da mulher nos mais variados sectores onde os números ainda são preocupantes, sobretudo nas áreas ligadas às engenharias e tecnologias, que serão o nosso principal desafio. "Em Angola, temos procurado conferir à mulher um papel relevante em todos os sectores da vida nacional. O país reconhece e valoriza o papel activo e positivo desempenhado pela mulher angolana, no quadro das complexas responsabilidades que lhes têm sido confiadas", salientou, na altura, o Presidente João Lourenço.

 

 

 

 

 

 



Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política