Política

Presidente João Lourenço regressou ontem ao país

O Presidente da República, João Lourenço, regressou, ontem, a Luanda, depois de realizar visitas de Estado à Turquia, Guiné e Ghana.

05/08/2021  Última atualização 08H20
João Lourenço recebeu cumprimentos de boas-vindas do Vice-Presidente da República © Fotografia por: Francisco Miudo | Angop
No Aeroporto Internacional "4 de Fevereiro”, João Lourenço, que viajou acompanhado da Primeira-Dama, Ana Dias Lourenço, recebeu cumprimentos de boas-vindas do Vice-Presidente da República, Bornito de Sousa.
Durante o périplo, iniciado a 27 de Julho, na Turquia, o Chefe de Estado trabalhou no reforço das relações políticas, diplomáticas, económicas e comerciais.

Com a Turquia ficou acordada a abertura de ligações aéreas directas, a partir de Outubro, assim como uma linha de crédito, nos termos e montantes por definir.

Na República da Guiné, as relações de longa data, iniciadas no auge da luta pela libertação em Angola, saíram mais consolidadas, com a definição de caminhos para o futuro, através da assinatura de novos instrumentos jurídicos.
No Ghana, último país visitado, as questões económicas, incluindo em matéria de investimentos, estiveram no centro das discussões, que resultaram na assinatura de acordos bilaterais.

Durante a estada no Ghana, João Lourenço encontrou-se, em privado, com o homólogo Nana Akoufo-Addo, assistiu à assinatura de um Memorando de Intenções entre os dois países e participou num fórum de negócios e investimentos sobre Angola.

No fórum de negócios, onde proferiu um discurso de apelo e incentivo ao investimento em Angola, que decorreu na sede da Zona de Comércio Livre Continental Africana (ZCLCA), participaram homens de negócios do Ghana, Egipto, Senegal, Nigéria, Emirados Árabes Unidos, entre outros convidados.

Homenageou o pan-africanista e pai da Independência do Ghana, Kwame Nkrumah, com a deposição de uma coroa de flores no Mausoléu em sua memória, tendo, igualmente, plantado uma árvore no Parque das instalações.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política