Política

Presidente do Senegal quer transição energética

Garrido Fragoso

O Presidente do Senegal, Macky Sall, apontou, ontem, quando discursava, em sessão extraordinária, na Assembleia Nacional, a industrialização e a transição energética como principais desafios para o crescimento económico e social do continente africano.

26/05/2022  Última atualização 09H40
© Fotografia por: DR

Macky Sall, que partilhou as suas ideias sobre o estado do continente com os deputados angolanos, no âmbito da visita de Estado de 72  horas ao país, reconheceu, a propósito, que África  se encontra bastante atrasada no processo de industrialização e electrificação, tendo salientado que mais de 600 milhões de africanos vivem sem energia eléctrica. "O verdadeiro desafio da actualidade é a transição energética, e os países devem iniciar  rapidamente com o processo de industrialização para garantir o seu crescimento sustentável", afirmou o também presidente em exercício da União Africana (UA). Lembrando, nessa condição, que o continente continua engajado na luta contra o aquecimento global, em conformidade com o Acordo de Paris sobre o Clima.

O Chefe de Estado senegalês referiu que o futuro comum dos povos do continente reside na preservação dos valores culturais e da civilização, apelando, por isso, os líderes africanos a tudo fazerem para que África seja livre do abismo da guerra e da destruição do meio ambiente.

Ao defender a igualdade e dignidade dos povos africanos, o Presidente Macky Sall disse que os planos gizados pelo continente devem ter maior expressão no Conselho de Segurança  das Nações Unidas, como forma de promover o crescimento sustentável do continente africano.

Macky Sall manifestou satisfação por visitar Angola, "sobretudo pelo respeito que tem pelo Presidente fundador da Nação angolana, Dr. António Agostinho Neto, que assumiu um importante papel no processo de luta pela independência dos países africanos.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política