Política

Presidente da Huawei para a África Subsariana recebido na Cidade Alta

César Esteves

Jornalista

O Chefe de Estado, João Lourenço, recebeu na tarde desta quarta-feira (16), na Cidade Alta, o presidente da empresa chinesa Huawei para a África Subsariana, Chen Lei, com quem abordou, entre outros assuntos, as contribuições da multinacional em Angola.

16/06/2021  Última atualização 14H11
© Fotografia por: Santos Pedro| Edições Novembro
No termo da audiência, o CEO da empresa em Angola, Chu Xiaxin, que também integrou a delegação, disse à imprensa que a ocasião serviu, igualmente, para abordar a questão relacionada com o desenvolvimento da economia digital em Angola.


"Dois factores essenciais determinam o desenvolvimento da economia digital: as infra-estruturas na área de telecomunicação e existência de talentos", destacou.

Parque tecnológico

A operadora de telecomunicações chinesa Huawei está a construir, em Talatona, Luanda, um Parque Tecnológico com escritórios, centros de treinamento e alojamento para treinar jovens talentosos em novas tecnologias.
O empreendimento, cuja conclusão e funcionamento está previsto para o próximo ano, está orçado em mais de 60 milhões de dólares.


O ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação, Manuel Homem, visitou as obras no mês passado, tendo, na ocasião, recebido dos responsáveis garantias de que o empreendimento começa a funcionar no próximo ano.


A Huawei adopta a tecnologia 5G e quer contribuir para a transformação digital em África. Seis  países africanos já adoptaram a solução  5G, que poderá ser aplicada também em Angola.


Em telecomunicações, 5G corresponde ao padrão de tecnologia de quinta geração para redes móveis e de banda larga.
As empresas de telefonia celular começaram a implantá-la em todo o mundo no final do ano de 2018.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política