Política

Presidente da CNE exige imparcialidade

Eduardo Cunha | Malanje

Jornalista

O presidente da Comissão Nacional Eleitoral (CNE), Manuel Pereira da Silva, realçou a independência e imparcialidade que devem observar os designados para as funções de comissários eleitorais aos mais variados níveis.

16/06/2021  Última atualização 05H20
© Fotografia por: DR
Manuel Pereira da Silva falava no acto de empossamento do novo comissário eleitoral, João Pedro Soares, que substitui o malogrado Simão Cambongo, falecido há dois anos.

O responsável  referiu que o processo iniciado em Malanje vai acontecer um pouco por todo o território nacional, no preenchimento das vagas exisitentes.

Tendo em conta a aproximação de mais um exercício eleitoral no país, a acontecer no próximo ano, Manuel Pereira da Silva chamou a atenção para o redobrar de esforços face a responsabilidade que o acto representa para a vida política do país.  O novo comissário, João Pedro Soares, disse que vai primar pela isenção e o respeito às leis para melhor desempenho das novas responsabilidades.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política