Mundo

PR vai dissolver o parlamento da Guiné-Bissau

O presidente da Assembleia Nacional Popular da Guiné-Bissau, Cipriano Cassamá, disse esta sexta-feira (13) que o chefe de Estado vai dissolver o parlamento.

13/05/2022  Última atualização 17H00
Cipriano Cassamá © Fotografia por: DR

"Depois de uma audiência com o Presidente da República. Informou-me que vai dissolver o parlamento. Recebeu queixas do poder judicial e também, segundo o que compreendi, parece que há uma crise entre os partidos políticos”, afirmou aos jornalistas Cipriano Cassamá.

O presidente do parlamento falava na sequência de um encontro com o Presidente guineense, que vai reunir também com os partidos com assento parlamentar.

"Fui consultado, dei a minha opinião. São os poderes que assistem ao Presidente da República nos termos constitucionais. O parlamento está a fazer o seu trabalho, se o parlamento vier a ser dissolvido, a comissão permanente assume as suas responsabilidades até à realização de eleições”, disse.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo