Política

PR lamenta morte do Presidente dos Emirados Árabes Unidos

O Chefe de Estado, João Lourenço, lamentou hoje o falecimento de Khalifa Bin Zayed Al Nayan, Presidente dos Emirados Árabes Unidos, por motivo de doença.

13/05/2022  Última atualização 19H27
© Fotografia por: DR

Em mensagem endereçada a Mohamed Bin Rashid Al-Maktoum, Vice-Presidente e Primeiro Ministro dos Emirados Árabes Unidos, o Presidente angolano sublinha que "o falecimento desta ilustra figura dos Emirados Árabes Unidos constitui uma perda irreparável” para aquele país.

Segundo o Chefe de Estado, as acções do Presidente Khalifa Bin Zayed Al Nayan marcaram de maneira positiva e indelével a história dos Emirados, que conseguiram, graças à forte coesão interna, afirmar-se no mundo como uma grande nação moderna e próspera. 

Diante deste infausto acontecimento, o Presidente da República inclina-se "perante a memória do malogrado” e aproveita a ocasião para apresentar, em nome do Executivo angolano e no seu próprio, os "profundos sentimentos de pesar”, os quais pede que "sejam extensivos aos amigos e a toda a família enlutada”. 

"Queira aceitar, Alteza, a expressão dos meus sentimentos de solidariedade neste momento de dor e luto para a Vossa Nação”, conclui na mensagem de condolências o estadista angolano, João Lourenço. 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política