Mundo

Policia Judiciária de Cabo-Verde funciona sem Diretor-Geral

A Ministra da Justiça de Cabo Verde garantiu, segunda-feira, que a Polícia Judiciária está a funcionar normalmente, apesar de não ter director nacional há quase dois meses, situação que espera ver resolvida esta semana.

29/11/2022  Última atualização 14H34
Policia Judiciária de Cabo-Verde funciona sem Diretor-Geral © Fotografia por: DR

"Estaremos a resolver esta questão ainda esta semana. Mas do ponto de vista daquilo que é o funcionamento da Polícia Judiciária, a estrutura hierarquizada, tal como existe, permitiu que a Polícia Judiciária pudesse funcionar na normalidade", afirmou a ministra, Joana Rosa, ao intervir na abertura, na Praia, da formação dos agentes que vão operar o Centro de Colecta e de Registo de Dados Policiais, no âmbito do programa WAPIS-SIPAO, da Polícia Nacional e da Polícia Judiciária, financiado pela União Europeia.

"Mas temos esta responsabilidade de nomear brevemente o director da Polícia Judiciária. Como sabem, a nomeação é feita através do Conselho de Ministros. Estamos já há algum tempo neste processo e estaremos a concluir, creio, ainda esta semana", disse a ministra.

O Governo cabo-verdiano confirmou, no início de Outubro, a saída de Ricardo Gonçalves do cargo de director da Polícia Judiciária, após ser nomeado e ter tomado posse como juiz do Tribunal de Justiça da Comunidade Económica de Estados da África Ocidental (CEDEAO), para um mandato de quatro anos.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo