Economia

Polícia Fiscal reforça prontidão para as inspecções aduaneiras

Sampaio Júnior | Benguela *

Jornalista

O comandante provincial da Polícia em Benguela, comissário Aristófanes dos Santos disse, quarta-feira, no Lobito, que o órgão está preparado para os desafios gerados pela entrada de novos empreendedores económicos no mercado e que exigirá sempre maior intervenção das forças de fiscalização aduaneira.

15/06/2024  Última atualização 12H00
Comandante Aristófanes dos Santos tranquiliza sociedade © Fotografia por: DR


Segundo o oficial superior da Polícia Nacional, o crescimento da actividade económica na cidade do Lobito faz com que as atenções estejam viradas para a fiscalização do Corredor do Lobito, que tem a trajectória de trabalho além das fronteiras de Angola.

Aristófanes dos Santos fez estas declarações no âmbito das celebrações do 28º aniversário da Polícia Fiscal Aduaneira, cujo acto decorreu na cidade do Lobito, sob o lema "Com a Contínua Superação Técnico-Profissional do Efectivo da Polícia Fiscal Aduaneira, Reforcemos a Fiscalização Externa Tributária, no Quadro do Alargamento da Base Tributária da AGT, Contribuindo para Arrecadação de Receitas para o Orçamento Geral do Estado”.

O comissário mencionou que o efectivo da unidade está a ser capacitado em matéria de fiscalização aduaneira, estocagem de petróleo, protecção marítima, línguas estrangeiras e gestão de terminais petrolíferos.

"Temos estado a fiscalizar a mercadoria vinda da RDC e que a partir do Porto do Lobito segue para outros continentes. Aguardamos a certificação do Aeroporto Internacional da Catumbela, bem como a construção da refinaria, que depois das obras concluídas se antevê muito trabalho de fiscalização”, afirmou.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia