Política

Polícia desaconselha permanência de eleitores

O comandante da Polícia Nacional no Uíge, comissário Monteiro dos Santos, advertiu, ontem, que serão retirados das assembleias de voto todos os cidadãos que permanecerem nelas depois da votação, no dia 24 deste mês, para evitar confusão entre militantes de diferentes formações políticas.

13/08/2022  Última atualização 06H35
© Fotografia por: DR

Na abertura da reunião entre a Polícia Nacional, a Comissão Provincial Eleitoral (CPE) e formações políticas, o comissário disse que a corporação "não vai permitir actos que perturbem a ordem e tranquilidade nas assembleias de voto”.

Pediu aos partidos e a coligação de partidos políticos concorrentes a apelarem aos seus militantes a pautarem por uma conduta disciplinar, para que as eleições decorram num clima de paz, harmonia e cordialidade.

O comandante reafirmou a disponibilidade da Polícia em manter a ordem e segurança na província antes, durante e depois das eleições.

Por sua vez, o rei dos Bayaka, Muanauta Cabamba, pediu aos partidos políticos para aceitarem os resultados das eleições de 24 de Agosto.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política