Sociedade

Polícia de Guarda Fronteira trava pesca ilegal no Soyo

Victor Mayala | Soyo

Jornalista

A Polícia de Guarda Fronteira, no município do Soyo, província do Zaire, apreendeu duas embarcações de fabrico artesanal, com 18 cidadãos da República Democrática do Congo (RDC) a bordo, que foram detidos por pesca ilegal.

20/11/2022  Última atualização 11H28
Infractores estão detidos © Fotografia por: DR
De acordo com uma nota do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa (GCII) da Delegação Provincial do Ministério do Interior, chegada, ontem, à Redacção do Jornal de Angola, no Soyo, as referidas embarcações foram apreendidas na sequência de uma patrulha de rotina, efectuada por efectivos da 2ª Unidade da Polícia de Guarda Fronteira destacada no Posto Naval de Mbubu, nas proximidades da Ponta do Padrão.

O documento, assinado pelo director do GCII, subinspector de migração Sérgio Afonso, acrescenta que os cidadãos estrangeiros, todos do sexo masculino, com idades compreendidas entre 20 e 40 anos, encontram-se sob custódia do Serviço de Migração e Estrangeiros (SME), que, ao abrigo da legislação migratória, deverá proceder o seu repatriamento.

Em relação às embarcações apreendidas, a nota esclarece que foram entregues à Delegação da Administração Geral Tributária (AGT), para os procedimentos subsequentes.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade