Sociedade

Polícia apreende embarcações de pesca e cinco marginais

Edna Mussalo

Jornalista

Um total de 28 embarcações foram apreendidas pela Polícia Nacional por, supostamente, estarem envolvidas em pesca ilegal em alto mar.

22/06/2022  Última atualização 09H35
© Fotografia por: DR

O Porta-voz do Comando Geral da Polícia Nacional, subcomissário Mateus Rodrigues, disse, ontem, na Unidade Fiscal Marítima, onde foi apresentado o balanço da Operação, que foram, também, detidos 11cidadãos, implicados em vários crimes no mar. 

A apreensão das embarcações é da "Operação Kianda", que em 14 dias, permitiu, ainda, a recuperação de 15 motores diversos, roubados nas embarcações.

Mateus Rodrigues disse que foram, igualmente, detidos outros três cidadãos em flagrante delito, quando realizavam um assalto a um navio internacional ancorado na Baía de Luanda. 

Na praia da Mabunda, acrescentou, foram detidos dois indivíduos enquanto roubavam peixe nas canoas dos pescadores. 

Revelou que a "Operação  Kianda" está a ser realizada a nível nacional e visa o combate à criminalidade e o asseguramento das pessoas nos mares do país." Pensamos que, com isso, o sentimento de segurança já está reposta, na cidade, mas a Operação vai continuar", disse. 

Na operação está a ser coordenada pelas Polícia Fiscal e de Guarda Fronteira, nos espaços marítimos da Baia de Luanda, Cacuaco, Sarico, Boca do Rio, Praia Molhada, Cimangola, Contra-Costa, Mercado do Mundial, Zona Marítima da Samba, Kapossoca, Mussulo, bem como, patrulhamento apeado na orla marítima, com o objectivo de prevenir e combater roubos, furtos e outros delitos.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade