Economia

Poço do Bloco 15 começa a produzir

A companhia petrolífera italiana Eni anunciou hoje, em comunicado, um bem-sucedido arranque da produção num poço do campo Vandumbu, localizado a Oeste do Bloco 15/06 do "offshore" angolano, onde em Dezembro ocorreu uma descoberta avaliada entre 150 e 200 milhões de barris.  

25/01/2019  Última atualização 09H41
DR

O documento revela que a companhia produziu 13 mil barris de petróleo nesse poço logo a seguir ao arranque do segundo Sistema Multifásico de Bombagem Submarino,  através da unidade flutuante de armazenamento e transferência (FPSO) “N’Goma”.
O poço VAN-102 representa um passo adicional para o desenvolvimento do campo Vandumbu, lançado a 29 de Novembro de 2018, três meses antes da data planeada, o qual fica completo durante o primeiro trimestre deste ano, com o arranque do poço de injecção de água.
A Eni sublinha que, com o concurso do arranque das operações num outro poço no campo Mpungi, eleva a produção do Bloco 15/06 para um total de cerca de 170 mil barris de petróleo equivalente por dia (boed), ampliando a sua quota de produção.
O comunicado considera que esta evolução simboliza o progresso da estratégia de desenvolvimento que a Eni adoptou para o Bloco 15/06, a qual permitiu o arranque de oito campos desde Novembro de 2014, aquando do início da produção do Pólo Oeste com o campo Sango.
O Bloco 15/06 está a ser desenvolvido por um consórcio integrado pela Eni (36,84 por cento, operadora), Sonangol P&P (36,84) e SSI Fifteen Limited (26,32). A Eni está presente em Angola desde 1980 e tem uma quota de produção de cerca de 150 mil boed.
A entrada em produção da campos marginais é apontada pelo Governo e instituições internacionais como impulsionadora do crescimento económico de 2,8 por cento previsto para o ano em curso, quando o sector petrolífero cresce 3,1 por cento e o não petrolífero 2,6.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia