Economia

Planageo aponta o Uíge como terra de diamantes

Joaquim Júnior | Uíge

Jornalista

Uma boa parte do subsolo da zona Norte do território da província do Uíge é co-berto de diamantes, cobre, ferro, minerais de terras raras e urânio, este último ao longo da fronteira com a RDC, segundo resultados do Planageo, apresentados, nesta segunda-feira, pelo administrador para área Técnica do Instituto Geológico de Angola (IGEO).

01/12/2021  Última atualização 11H25
Território do Uíge identificado com enorme riqueza mineral © Fotografia por: DR
José Manuel mostrou os dados na cerimónia de apresentação dos resultados preliminares do Planageo da zona Norte de Angola, em acto testemunhado pelo secretário de Estado para os Recursos Minerais, Jânio Corrêa Victor.

Segundo José Manuel, os estudos do Planageo, no território do Uíge, confirmaram a existência de estruturas circulares reflectidas nos levantamentos magnéticos, que permitiu aferir a presença de minérios em toda a extensão da província, com maior enfoque a orla fronteiriça com a República Democrática do Congo.

"A interpretação geofísica é dinâmica na prospecção e pesquisa mineral, mas após esta fase, vamos poder realizar estudos específicos adicionais de geofísica terrestre para extrair amostragens químicas minerais para averiguar os estudos sobre a actual informação”, disse.

Na ocasião, o secretário de Estado para os Recursos Minerais, Jânio Corrêa Victor, justificou o acto com a estratégia de divulgação dos resultados do Planageo, enquanto instrumento operativo, visando a intensificação das actividades de prospecção e exploração de minas, dentro do programa de diversificação da actividade da indústria mineira.

No referido evento, a vice-governadora do Uíge para o Sector Político, Social e Económico, Maria Fernando Cavungo, considerou pertinente as informações geográficas disponibilizadas.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia