Política

PIIM prova capacidade de realização do MPLA

O segundo-secretário provincial do MPLA na Lunda-Norte, Fernando Quindji, afirmou, no município do Cambulo, que as obras que estão a ser executadas no âmbito do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), em todo o país, provam a capacidade governativa do seu partido e o compromisso com o povo angolano.

08/05/2022  Última atualização 14H50
© Fotografia por: DR

Fernando  Quindji, que falava no acto político de massas integrado na  pré-campanha eleitoral, salientou que, com as  obras do PIIM , está a ser possível aumentar o número de escolas, unidades sanitárias e outras infra-estruturas  de impacto  social, em todos os municípios do país, particularmente, em Cambulo, Lunda-Norte, que, "no quadro   do ambicioso programa, o sistema local de ensino, vai  ser     reforçado  com 44 novas salas de aula".

O dirigente partidário referiu que o Sector da Saúde mereceu, também, uma especial atenção, com a construção de postos e centros médicos, nas três sedes comunais do município de Cambulo, nomeadamente  Canzari, Catchimo e Luia.

Referiu que o  papel dos militantes do MPLA é de "fiscalizar" as acções do Governo, com vista a aplicação prática das políticas públicas, com destaque para os projectos do  PIIM. "Temos que acompanhar os anseios  e as legítimas aspirações da sociedade civil organizada, das associações juvenis, culturais, recreativas e  desportivas", disse, tendo destacado que é preciso "aprofundar e tornar cada vez mais proveitoso o trabalho com a classe empresarial da Lunda-Norte.

"O reforço da coesão, a consolidação da democracia, unidade nacional e solidariedade, estão  entre as principais linhas de força para o trabalho que o MPLA desenvolve, no sentido de nas  eleições gerais obter uma vitória expressiva", afirmou Fernando  Quindji.

O  segundo-secretário provincial do MPLA na Lunda-Norte referiu  que o seu partido vai continuar a apostar na vitalidade dos comités de acção, dando abertura para que os militantes possam, junto das comunidades, ouvir os seus problemas para encontrar as melhores soluções.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política