Sociedade

PIIM dá sinais positivos no combate às assimetrias regionais

José Bule

Em todo o país, mais de 887 projectos estão em execução, dos quais 577 incidem na construção e reabilitação de escolas, tendo o Executivo angolano disponibilizado um montante líquido de nove mil milhões 448 milhões 51 mil 703 kwanzas e 42 cêntimos, no ano passado.

28/01/2021  Última atualização 13H05
© Fotografia por: DR
Com o incremento dos 37 milhões de dólares, as autoridades locais viram-se obrigadas a reestruturar 109 projectos do PIIM, antes avaliados em cerca de 13 milhões de dólares, para que os mesmos correspondessem aos verdadeiros anseios da população do Cuando Cubango.Menongue, a capital da província, possui mais de 60 por cento dos cerca de 730 mil habitantes de toda a província e deverá receber, no mínimo, 18 milhões de dólares. Até Novembro do ano passado, o Cuando Cubango tinha inscrito, no PIIM, 1.142 projectos, orçados em cerca de 50 milhões de dólares, que ainda não estavam em execução, porque o Governo da província achou, por bem, reformular as acções iniciais, para um modelo único, para vigorar em toda a extensão da província.Em virtude dos reajustes feitos aos projectos, com a finalidade de priorizar as acções de maior impacto na vida das populações da província de Cuando Cubango, as acções do PIIM arrancaram apenas em Junho do ano passado.
Província de Cabinda

Em Cabinda, foram seleccionados projectos ligados aos sectores da energia e águas, saúde, educação, agricultura, vias de acesso, entre outros, em execução nos municípios de Cabinda, Cacongo, Buco-Zau e Belize. No ano passado, as obras no terminal de passageiros do aeroporto local, do Porto de Águas Profundas do Caio, Hospital Geral de Cabinda e do Quebra-Mar não avançaram por motivos diversos.

Um projecto de construção de um sistema de tratamento de água, com capacidade para bombear 50 metros cúbicos por hora está a ser construído na sede comunal do Massabi, município do Cacongo, orçado em mais de 300 milhões de kwanzas. O novo sistema será sustentado com a água captada a partir do rio Ntambala, e vai dispor de dois tanques reservatórios, com capacidade para armazenar 100 metros cúbicos cada.Na sede comunal do Massabi, vai ser instalada uma rede de distribuição de água, com 22 quilómetros de extensão, para levar o produto a 13 aldeias da localidade, onde serão feitas 1.170 ligações domiciliares.

Dos seis projectos aprovados e avaliados em mais de mil milhões de kwanzas, apenas um, de construção e ampliação da escola primária Spel Tendele, está a ser executado no bairro 1º de Maio, município de Cacongo.Na sede comunal de Malebo vai ser construído um sistema de abastecimento de água potável, mercado do peixe, rede de iluminação pública, construção e apetrechamento de uma escola de 12 salas de aula, bem como a aquisição de meios e equipamentos para o saneamento básico e operações de manutenção das vias terciárias.

Cacongo ganha nos próximos tempos um campo polidesportivo, balneários, parque infantil, campo de futebol, e mais 12 salas de aula, totalizando 24, para aumentar a sua capacidade de 1.300 para 2.600 alunos matriculados no sistema normal do ensino, 300 moradias sociais e 120 apartamentos.As demais obras consignadas no PIIM, para Cacongo, já beneficiaram de pagamentos na ordem dos 15 por cento do seu valor aprovado.

* Com Angop  

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade