Política

PHA reafirma compromisso de defender as mulheres

Casimiro José| Sumbe

A secretária nacional do Partido Humanista de Angola (PHA), Susana Sara, anunciou, na cidade do Sumbe, província Cuanza-Sul, que, em caso de vitória nas eleições de 24 de Agosto do corrente ano, o partido propõe-se em defender as mulheres e proporcionar melhores condições sociais.

11/08/2022  Última atualização 06H05
Presidente do Partido Humanista de Angola, Florbela Malaquias © Fotografia por: Edições Novembro

Falando no acto de massas, no quadro da campanha eleitoral, a secretária nacional do PHA, que representou a presidente Florbela Malaquias, considerou que as mulheres continuam a ser uma franja que requer uma atenção redobrada, por ser a que mais consente sacrifícios na sociedade.

 Susana Sara apontou, dentre as acções, criar um ambiente político e de governação assente na promoção e dignificação das mulheres e das crianças, como alcance do desenvolvimento da vida material, moral e espiritual.

 Acrescentou que o PHA continua a interagir com o eleitorado para a afirmação do partido na sociedade e responder aos anseios da população, em particular, as mulheres: "Estamos a caçar votos junto delas, porque são elas que podem determinar o futuro”.

 Para Susana Sara, "quem dá a vida é a mulher e a ela também cabe a responsabilidade de cuidar dos  filhos, sendo expectável que todas as mulheres se empenhem para a conquista do seu lugar na sociedade”.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política