Política

PHA conta com nova sede em Ndalatando

André Brandão | Ndalatando

A presidente do Partido Humanista de Angola (PHA), Florbela Malaquias, inaugurou, este sábado, em Ndalatando, capital da província do Cuanza-Norte, a sede da organização política e afirmou que está confiante que mais pessoas da região, no dia 24 do corrente mês, vão escolher votar na sua proposta de governação.

14/08/2022  Última atualização 07H05
Partido liderado por Florbela Malaquias tem nova sede na capital do Cuanza-Norte © Fotografia por: DR

Antes do acto de massas defronte ao campo municipal dos Dinizes, em Ndalatando, Florbela Malaquias percorreu as principais ruas da cidade para medir o grau de adesão da população.

No discurso de abertura da campanha eleitoral no Cuanza-Norte, a concorrente a Presidente da República disse ao povo que se vencer as eleições poderá melhorar o abastecimento de água potável e energia eléctrica em todas as localidades do país.

"O fornecimento de energia eléctrica e água potável será grátis. Ninguém poderá pagar absolutamente nada. É preciso dar melhor qualidade de vida às populações”, exortou.

 Florbela Malaquias avançou que vai, de igual modo, apostar na construção de habitações, escolas e hospitais, assim como garantir mais emprego à juventude, retirar as mulheres da zunga e pô-las em trabalhos mais dignos, tornar os moto-taxistas em profissionais certificados com direito à segurança social.

 Segundo a responsável, Angola tem terras aráveis suficientes para uma agricultura sustentável. Por isso, o PHA, uma vez eleito governo, tenciona aumentar a produção de milho, trigo e outros produtos do campo, a fim de reduzir a fome nas famílias angolanas.

Confiante no programa de governação do partido, a número 1 do PHA reafirmou que cumprirá a promessa de atribuir subsídio de sobrevivência às pessoas idosas e combater a fome e a pobreza.

 Depois do Cuanza-Norte, Florbela Malaquias segue viagem à província do Uíge para apresentar àquela população as linhas de força e manifesto eleitoral do partido que se foca no incremento da humanização do país.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política