Desporto

Petro de Luanda e Sagrada cumprem deveres de casa

Amândio Clemente

Jornalista

O Sagrada Esperança assumiu, ontem, a segunda posição no Campeonato Nacional de Futebol da I Divisão, ao derrotar o Progresso Sambizanga, por duas bolas sem resposta, em jogo de acerto à sexta jornada, numa tarde em que o líder, Petro de Luanda consolidou a posição (20 pontos) com a vitória sobre o Recrativo do Libolo, por 3-1

25/11/2021  Última atualização 08H20
Brasileiro Thiago Azulão fez a diferença com o “bis” no jogo © Fotografia por: Vigas da Purificação | Edições Novembro
Com o triunfo, a formação campeã nacional saltou da quarta para segunda posição, com 17 pontos, e relegou o Wiliete de Benguela para o terceiro posto. A vitória dos diamantíferos começou a ser construída na primeira parte, quando Cashi adiantou no marcador a formação  da Lunda-Norte, aos dezoito minutos, e na segunda metade da contenda, o inevitável Depu, já leva oito golos,  fechou o caixão, ante um opositor que tentou dar réplica, mas a jogar com menos uma unidade sucumbiu ante o poderio ofensivo dos anfitriões.


O triunfo coloca os campeões nacionais em boa posição de manter a pressão sobre os tricolores, pois ambos os conjuntos ainda têm um desafio em atraso, mas com elevado grau de dificuldade. O Sagrada Esperança vai jogar, em data a anunciar, com o Sporting de Cabinda, no Estádio Municipal do Tafe, ao passo que o Petro desloca-se ao Luena para defrontar o FC Bravos do Maquis.


No Estádio Nacional 11 de Novembro, o Petro de Luanda confirmou o favoritismo caseiro, ao receber e vencer o Recreativo do Libolo, por convincentes 3-1, com o brasileiro Thiago Azulão a bisar na partida e Quinito a completar o marcador. O congolês democrata Giresse, tirando proveito de uma trapalhada entre o central Quinito e o guarda-redes Mualucano, reduziu para a formação da vila de Calulo. Tudo isso ocorreu nos primeiros 45 minutos.


No reatamento, o Libolo desapareceu completamente do jogo e só deu Petro, que não alcançou um resultado mais volumoso por falta de pontaria dos seus avançados, brindando os adeptos com um festival de oportunidades falhadas.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Desporto