Cultura

Período de recepção das obras vai até Abril

O período de recepção das obras concorrentes ao Prémio Literário António Jacinto, edição de 2020, foi alargado para até 30 de Abril, faz saber o Ministério da Cultura, através de um comunicado do Instituto Nacional das Indústrias Culturais e Criativas (INICC).

06/03/2020  Última atualização 16H22
Paulo Mulaza | Edições Novembro © Fotografia por: Escritor Ema Nzadi foi o vencedor da última edição do concurso

O prémio literário constitui uma homenagem ao poeta António Jacinto e é um galardão de revelação para obras inéditas de autores nacionais que procuram afirmar-se no mercado. O prémio, de periodicidade anual, tem como objectivos primordiais incentivar a criação literária e promover o surgimento de novos autores angolanos.
Patrocinado exclusivamente pelo Banco de Poupança e Crédito, o concurso anual atribui ao vencedor de cada edição a quantia de cinco mil dólares, em moeda nacional, diploma e a publicação da obra pelo INICC.
Os concorrentes devem enviar as obras dentro de um envelope grande, fechado e assinado com pseudónimo literário, com a identificação completa e uma fotocópia do Bilhete de Identidade, em envelope pequeno fechado, bem como a obra concorrente, em três exemplares digitados a dois espaços em folhas A4, encadernadas e assinadas com o pseudónimo.
A correspondência deve ser remetida para o endereço: Prémio Literário António Jacinto, Instituto Nacional das Indústrias Culturais, Caixa Postal 1248, Rua Cirilo da Conceição Silva nº 7, 2º andar, Luanda.
O livro “Pintura dos Ecos”, de Ema Nzadi, da província do Uíge, foi o vencedor do Prémio António Jacinto 2019.
Emanuel Vieira, de 31 anos, é técnico médio em Ciências Humanas, curso através do qual descobriu a veia artística. É membro fundador do Movimento Litteragris e o representante deste movimento na província do Uíge.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura