Cultura

Pensamento Cultural de Neto apresentado em obra literária

Analtino Santos

Jornalista

O lançamento da obra “O Pensamento Cultural do Dr. Agostinho Neto” e o concerto de apresentação ao vivo do disco “Liseya” do músico Luwawa acontecem sexta-feira, a partir das 16h30, no seguimento da programação cultural do Memorial Dr. António Agostinho Neto (MAAN) e das acções que decorrem no âmbito da celebração do centenário do seu patrono.

28/09/2022  Última atualização 06H50
Livro traz informação útil para compreensão da visão e do legado cultural de Agostinho Neto © Fotografia por: DR

O primeiro momento acontece, no auditório MAAN, com o lançamento da obra "O Pensamento Cultural do Dr. Agostinho Neto”. A obra coloca a disposição dos decisores, dos estudantes e do público em geral, informação útil para compreensão da visão e do legado em matéria de política cultural daquele que foi líder da luta de libertação Nacional, Fundador da Nação e  primeiro Presidente de Angola. A edição teve o patrocínio da Fundação Brilhante.

O livro reúne o discurso de abertura e as comunicações apresentadas no Colóquio "Dr. Agostinho Neto e a Cultura Nacional”, realizada pelo MAAN, no dia 10 de Janeiro de 2019,  em Luanda, bem como anexos, constituídos por artigos, discursos e intervenções do Dr. Agostinho Neto, acerca da cultura nacional, publicados ou pronunciados desde 1945. No livro o leitor poderá encontrar textos de António Fonseca, Cornélio Caley, Alexandra Aparício, José Luís Mendonça, José Domingos Pedro, Benjamim Fernando e  Eduardo Perez Alberto.

 

Momento musical 

O segundo momento terá inicio duas horas depois, isto às 18h30, com o concerto de apresentação do disco "Liseya” de Luwawa, enquadrado no projecto Caixa Artes, uma parceira entre o MAAN e o Banco Caixa Angola.

O artista, que será acompanhado por jovens instrumentistas, apresentará temas do projecto musical que marca a estreia no mercado discográfico, onde combina ao jazz fusion e afro pop elementos da música angolana, interpretados maioritariamente em um-bundu, a sua língua materna.

Este ano, o músico participou no Show do Mês onde mostrou o seu talento e conquistou a plateia interpretando temas, dentre outros, de Diabick, Jacinto Tchipa e Carlos Burity. 

Luwawa é um cantor natural do Lobito, Benguela, antes do baptismo artístico por Fernando Alvim, na III Trienal de Luanda, foi conhecido em palco como José Bernardo. Teve a influência do pai, um solista na Igreja Tocoísta, onde começou a dar os primeiros passos da carreira. Em Benguela, pertenceu a Banda Horizonte e depois optou por estabelecer-se em Luanda, onde criou a Banda Estrela, tendo apostado em viver da música. Faz uma carreira a solo e como baixista em projectos musicais de vários artistas, o que o levou a fazer parte da Banda Ngola, formação residente no Pavilhão de Angola, na Expo 2020 Dubai. O artista tem feito concertos regulares no Ateliê do Peixe. 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura