Política

Partidos chamados a preservar a paz

Lourenço Bule | Menongue

Jornalista

O presidente da Igreja Evangélica Sinodal de Angola (IESA), reverendo Diniz Marcolino Eurico, apelou, na cidade de Menongue, província do Cuando Cubango, aos partidos e coligações de partidos políticos a pautarem por discursos que estejam acima dos interesses partidários e não promovam intolerância política, durante a realização das campanhas eleitorais.

21/06/2022  Última atualização 08H26
Presidente da IESA, reverendo Diniz Marcolino Eurico © Fotografia por: Lourenço Bule | EDIÇÕES NOVEMBRO

Em declarações à imprensa domingo, no final da primeira Assembleia Regional do Sínodo da IESA, realizada sob o lema "Com Cristo, por Cristo e para Cristo, conquistemos Angola com fé, esperança e amor”, disse que é necessário que os partidos e coligações de partidos políticos defendam os valores mais altos da nação, mantendo a unidade das famílias, grupos étnicos, convivência sadia na diferença, promoção da paz, justiça social, amor ao próximo e à pátria.

Reafirmou a posição apartidária da IESA e encorajou os fiéis a recolherem-se em oração a favor do país, antes, durante e depois das eleições gerais marcadas para 24 de Agosto próximo, para que a nação angolana não volte a viver as vicissitudes do passado que trouxeram muitos dissabores. 

Disse que é imprescindível que todos os cidadãos nacionais maiores de 18 anos exerçam o direito de voto com responsabilidade, evitando o uso de qualquer propaganda política nos templos e fora deles, actividades eclesiásticas, bem como o distanciamento em  manifestações, arruaças e outros males que possam perigar a realização do pleito eleitoral.

Diniz Marcolino Eurico reforçou que durante os cultos a IESA tem incentivado o povo a amar a Deus, seu próximo e os governantes, tendo em conta que governar um país não é tarefa fácil e muitas vezes tem-se criticado as figuras hoje à frente dos destinos do país.

"Se não consegues administrar a própria casa, não podes criticar quem governa um país. Precisamos orar a quem nos dirige, para que com o amor ao próximo, carinho aos populares, responsabilidade e compromisso possam levar Angola a bom porto”, reiterou.

 

Projectos sociais

O presidente da IESA recordou que a congregação existe há cerca de 25 anos e durante este período tem investido na construção de várias infra-estruturas sociais em 111 dos 164 municípios do país. Diniz Marcolino Eurico disse que aquela igreja aposta na implementação da Agricultura, Agro-pecuária, Pescas, Saúde, Educação, Formação Teológica, Empreendedorismo, Radiodifusão, entre outros projectos.

Salientou que a instituição está a implementar, na cidade do Lubango, um projecto denominado "Esperança", executado em três vertentes: Agricultura Familiar, Saúde Pública e Resgate dos valores morais e cívicos. 

"A IESA tem apostado, também, no incentivo da actividade da Agricultura Familiar como base para a melhoria da dieta alimentar e da auto-sustentabilidade financeira das famílias rurais, bem como ensinar as populações a cultivarem culturas resistentes à seca, tais como a mandioca, milho, soja, massango, massambala, batata-doce e leguminosas”, disse o reverendo Diniz Marcolino Eurico.

Anunciou que o Hospital Evangélico de Caluquembe, na Huíla, adstrito à IESA, foi construído em 1947 e até à presente data mostrava sinais de degradação, pelo que "as obras de reabilitação arrancarão a qualquer altura, tendo em conta que a empresa Omatapalo, encarregue para o efeito, já começou a concentrar homens e máquinas no local”.

Reconheceu que o Hospital Evangélico de Caluquembe será reabilitado graças ao apoio incondicional do Presidente da República, João Lourenço, e a reabilitação será extensiva ao apetrechamento com equipamento moderno do Bloco Operatório, Laboratório, sala de Raio X, bem como a construção do muro de vedação da instituição sanitária.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política