Mundo

Parlamento rejeita levantar imunidade de Domingos Simões Pereira

A mesa da Assembleia Nacional Popular (ANP) da Guiné-Bissau não tenciona convocar uma sessão extraordinária para apreciar o pedido de levantamento de imunidade de qualquer deputado, diz um comunicado divulgado, ontem, citado pela Lusa.

03/08/2021  Última atualização 03H15
© Fotografia por: DR
No documento , assinado pelo presidente do Parlamento Cipriano Cassamá, lê-se que a mesa da ANP esteve reunida com a presença dos presidentes dos grupos parlamentares para discutir três pontos.
Entre os três pontos estava a análise e posicionamento da mesa sobre o requerimento do Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde(PAIGC) à nota da Procuradoria-Geral da República, que justifica as razões de impedimento de viagem do deputado Domingos Simões Pereira e líder do partido.

"A mesa da ANP deliberou informar que o Parlamento não  tenciona convocar sessão extraordinária  para  apreciar o pedido de levantamento de imunidade a qualquer deputado ”,  realça a nota,
 Em causa está a ordem do Ministério do Interior pelo procurador-geral da República para impedir a saída do país do líder do PAIGC, Domingos Simões Pereira, quando viaja para Portugal.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo