Política

Parlamento dá luz verde ao envio de militares para Moçambique

Xavier António

Jornalista

O Parlamento aprovou esta terça-feira (27), o Projecto de Resolução que autoriza o Presidente da República e Comandante-em-Chefe das Forças Armadas Angolanas (FAA) a enviar uma componente angolana para a Força em Estado de Alerta da SADC (Comunidade de Desenvolvimento da África Austral) em Moçambique.

27/07/2021  Última atualização 11H31
© Fotografia por: DR

O documento foi aprovado por 192 votos a favor, nenhum contra e sem abstenções.

A proposta prevê o envio de 20 oficiais técnicos especializados em matérias de defesa e segurança, para assessorar a Força em Estado de Alerta da SADC em Moçambique, que se debate com o problema de terrorismo na província de Cabo Delgado.

A SADC aprovou, em Junho, o mandato de uma "força conjunta em estado de alerta” para apoiar Moçambique no combate ao terrorismo em Cabo Delgado. A decisão foi tomada na cimeira extraordinária da organização, que decorreu em Maputo. 

Por outro lado, grupos armados aterrorizam a província de Cabo Delgado, Norte de Moçambique, desde 2017, sendo alguns ataques reclamados pelo grupo "jihadista” Estado Islâmico, numa onda de violência que já provocou mais de 2.800 mortes.

 

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política