Mundo

Papa e Nguesso apelam à calma no país

O Papa Francisco sublinhou diante de diplomatas que “o respeito do resultado eleitoral é um factor determinante para uma paz duradoura na RDC”, no mesmo dia em que o Presidente do Congo Democrático apelava em Brazzaville para que o povo congolês aguardasse com “calma” a divulga-ção dos resultados.

10/01/2019  Última atualização 10H21
DR © Fotografia por: Papa Francisco enviou mensagem aos congoleses

No Vaticano, o Sumo Pontífice expressou os votos de que o país possa recuperar a reconciliação que, na sua óptica, regista “longos atrasos”.
Por sua vez, o Presidente da República do Congo, Denis Sassou Nguesso, apelou aos congoleses para manterem a calma e a moderação enquanto se espera pelos resultados das eleições, noticiou a “Africanews”.
Falando na terça-feira à noite perante o corpo diplomático acreditado em Brazzaville, por ocasião da apresentação de cumprimentos de Ano Novo, Sassou Nguesso asseverou que “o processo eleitoral na RDC registou uma evolução que incita ao optimismo”.
“Cabe-nos o dever de apelar, mais uma vez, aos principais actores políticos à moderação e calma para a salvaguarda da paz e da estabilidade neste país irmão”, precisou. Um especialista das Nações Unidas pediu ao Governo da República De-mocrática do Congo  para restaurar os serviços de Internet no país.
As eleições gerais foram realizadas a 30 de Dezembro e no dia seguinte todos os principais meios de comunicação foram fechados antes do anúncio dos resultados.
"Um encerramento geral da rede constitui uma violação flagrante do direito internacional e não pode, de forma alguma, ser justificado", disse o especialista das Nações Unidas sobre a Liberdade de Ex-pressão, David Kaye, num comunicado à imprensa.
Avançou que o acesso à informação é fundamental para a credibilidade do actual processo eleitoral, e o seu en-cerramento prejudica não apenas o acesso das pessoas à informação, mas também aos serviços básicos.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo