Política

PAM assegura apoio no combate aos impactos do fenómeno El Niño

JA Online

A directora Executiva do Programa Alimentar Mundial (PAM), Cindy McCain, assegurou, terça-feira, em Nova Iorque, o apoio da instituição no combate aos impactos do fenómeno El Niño, que afecta alguns países da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral(SADC).

12/06/2024  Última atualização 22H56
© Fotografia por: Cedida
Cindy MacCain manifestou esta posição durante um encontro que manteve com os representantes Permanentes do Estados-membros da SADC, acreditados nas Nações Unidas para discutir as consequências ambientais do El Niño na região, segundo uma nota de imprensa.

Na ocasião, realçou o trabalho que tem sido desenvolvido para mitigar os efeitos da seca, inundações e insegurança alimentar, bem como projectos para mitigar a fome e a pobreza nos países da SADC afectados pelo impacto do El Niño.

Por outro lado, indicou como o PAM pretende liderar o esforço de mobilização de assistência internacional e trabalhar com a SADC na resposta à crise humanitária na região.

Por seu turno, o representante Permanente de Angola, Francisco da Cruz, na sua qualidade de coordenador do Grupo de países da SADC em Nova Iorque, enalteceu a liderança do PAM em planear uma resposta abrangente destinada a apoiar os governo dos países afectados.

Sublinhou que a SADC valoriza as oportunidades de discussão  sobre  a situação humanitária prevalecente na região, com vista a explorar caminhos  para resposta e assistência colaborativa, evitando duplicação e desperdício de recursos.

Enfatizou que os  esforços de defesa e coordenação desempenharão um papel importante na mobilização de recursos para responder às necessidades e desafios humanitários da região.

o diplomata angolano aproveitou a ocasião para reiterar que um "Apelo Humanitário Regional da SADC" será emitido em Agosto de 2024 para reflectir a mudança nas necessidades humanitárias à medida que mais Estados-membros finalizam as suas avaliações aprofundadas sobre o impacto da seca e das inundações induzidas pelo El Niño. 

No final da sua intervenção, agradeceu aos parceiros de Cooperação Internacional, incluindo as Agências das Nações Unidas como o PAM e as Organizações de Base Regional pelo apoio prestado à SADC na avaliação e desenvolvimento do Apelo Humanitário Regional da SADC.

A directora Executiva do Programa Alimentar Mundial, Cindy McCain, assumiu a função em 3 de abril de 2023 e traz  uma vasta experiência e um profundo compromisso para acabar com a fome e a desnutrição.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política