Coronavírus

País sem mortes de Covid-19 nas últimas 24 horas

Xavier António

Jornalista

Angola não teve, segunda-feira (24), morte por Covid-19, mantendo os 1.888 óbitos do dia anterior, mas há 681 novos casos e a recuperação de 1.636 pessoas, anunciou o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda.

25/01/2022  Última atualização 08H20
© Fotografia por: Agostinho Narciso |Edições Novembro
Dos casos notificados, 403 são do sexo masculino e 275 do feminino, com idades compreendidas entre nove meses e 79 anos, sendo 364 de Luanda, 111 do Bengo, 109 do Cuanza-Sul, 30 de Cabinda, 21 de Malanje, 14 do Huambo, 12 do Namibe, 11 do Zaire, 3 da Lunda-Norte, 2 do Cuanza-Norte, bem como Bié, Huíla, Lunda-Sul e Moxico com 1 cada.

Franco Mufinda esclareceu que as 1.636 pessoas recuperadas têm idades entre quatro meses e 93 anos, sendo 458 de Luanda, 287 de Cabinda, 223 do Cuanza-Norte,129 do Cuanza-Sul, 117 do Zaire, 115 da Lunda-Norte, 111 do Moxico, 48 do Bié, 41 do Huambo, 32 do Uíge, 26 do Namibe, 24 da Lunda-Sul, 22 da Huíla e (3) de Benguela.

Nas últimas 24 horas, foram processadas 8.621 amostras das quais 681 foram positivas, o que representou uma taxa de positividade diária de 7.9 por cento. O total de amostras processadas, até à data, aponta para 1.360.920 amostras.
De acordo com o secretário de Estado, o cumulativo de infectados é agora de 97.263, dos quais 6.517 activos, 1.888 óbitos e 88.858 recuperados. "Dos 6.517 casos activos, quatro estão em estado crítico, 26 graves, 49 moderados, 37 leves e 6.401 assintomáticos.

Informou, também, que estão internados, nas unidades de tratamento de Covid-19, a nível nacional, 116 doentes.  
No período de 17 a 24, disse ainda Franco Mufinda, houve uma redução de casos na ordem dos 10 por cento, referindo que, no mesmo período, foi recuperado um total de 4.216 pessoas, o que corresponde a uma redução de 35.4 por cento.   


A quarentena institucional controla 76 pessoas e em isolamento domiciliar estão 7.356 pessoas. Esta segunda-feira foram administradas 132.187 doses, perfazendo agora 14.88.575 doses, das quais 4.574.797 pessoas estão a dose completa. Segundo o secretário de Estado, 1.443.757 adolescentes já tomaram a primeira dose da vacina contra a Covid-19, sendo que 35.954 têm a dose completa. 


Referiu que, desde o início da campanha de vacinação no país, não foi registada qualquer morte resultante da vacina contra a Covid-19, quer seja em adultos, quer como em crianças e adolescentes.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Coronavírus